• Paulo Sérgio Rosseto

eu tanto disse te amo

Eu tanto disse te amo

porem a tão poucas

que a minha boca passou a omitir

a pronúncia dessa oração


Acostumou-se a ficar calada

para não ser repetitiva

afinal com qual propósito tanto dizer

uma obvia expressão a um único par de ouvidos

já sabedouros do que viria escutar


Chegou um tempo em que sequer os lábios balbuciavam

e outro tempo cujos pensamentos e coração

disso nem mais se ocupavam


Até que os meus tímpanos lá no íntimo do martelo

souberam auscultar na meada da imprudência

de ti o que a minha língua silenciara


Hoje

todo o meu ser te fala

0 visualização

© 2020 by ONDAX

  • Facebook PSRosseto
  • Instagram PSRosseto