© 2020 by ONDAX

  • Facebook PSRosseto
  • Instagram PSRosseto
  • Paulo Sérgio Rosseto

escrituras

Há de vir a qualquer tempo e de qualquer lugar

Grafado em letras garrafais ou mesmo entrelinhas

Algum pingo num i da consciência sincera e justa

Que releia todos os seres inclusive o homem


Conforte no enlace da solidariedade cada criatura

Aplaque se necessário o amargor da caminhada

Ensine justamente o contrário do que se apregoa

Sobre a contenda e a labuta didática da árdua disputa


Possa intercalar no suor do rosto o sorriso farto

As expressões da agonia à menor dor possível

Para que se cumpram as profecias pela forma amena


Pois tudo é passagem e se esvai na mesma onda

Dilui-se constantemente sem qualquer retrocesso

Ao que venha interpretar ao ler toda palavra escrita

1 visualização